As doses serão nos dia 23 de setembro e nessa mesma data haverá repescagem para mais 55 pessoas que não compareceram no dia 14 de setembro. No dia 5 de outubro também o público de 45 e mais receberão a segunda dose da Pfizer. É imprescindível o comparecimento para fechar o ciclo de imunização. A vacina da Pfizer tem período de validade mais curto, portanto as doses que não forem aplicadas poderão ser perdidas.

A enfermeira responsável pela Atenção Primária a Saúde da Secretaria Municipal de Saúde Tatiana Ricci explica que o imunizante da Pfizer chega nos municípios descongelada, e com prazo de validade máximo de 29 dias. 

Ela ressalta que o lote de vacinas da Pfizer que também completará o ciclo de vacinação com a aplicação da segunda dose no dia 23 tem prazo de validade até 30 de setembro. “A preocupação é com as pessoas que devem receber essa segunda dose nos dias 23 e 05 de outubro, se não compareceram nestas datas nós teremos que desprezar as vacinas dos lotes com vencimentos no dia 30 de setembro e 6 de outubro, pois já estão em nosso estoque descongeladas. Não podemos guardar e nem aplicar como primeira dose pois não tem garantia de recebimento de mais lotes da Pfizer”, justifica.

A enfermeira Tatiana Ricci, alerta para que a população atenda aos chamados para recebimento das doses tanto da primeira como da segunda. Ela faz um apelo à população para que complete o esquema vacinal. “O cidadão que não se vacinar não terá somente um prejuízo individual, ele estará deixando de ampliar a cobertura coletiva do município”, esclarece.

Tatiana Ricci, acrescenta que pode ocorrer casos de Covid-19 entre vacinados, porém o risco de morrer ou adoecer gravemente é baixo. “A vacinação é a arma mais importante no combate a essa terrível doença e está ao nosso alcance. Não deixe de receber as suas doses, precisamos de todos nessa luta”.

Por: Adalgiza Bachosky