O programa de troca de hortifruti por material reciclável, o "Feira Verde", retornou nesta quinta-feira,7 e segue amanhã, 8 com mudanças que envolvem um maior número de beneficiados. A Associação dos Pequenos Produtores de Carambeí (APRUCAR) integra o programa com o repasse de produtos como verduras, pães e geleias.  A Cooperativa Ambiental de Carambeí (COPAM) recebe todo material recolhido e a comunidade ganhou mais itens na troca. O Feira Verde segue uma agenda de dois dias por mês sendo hoje e amanhã neste mês de outubro, em novembro nos dias 4 e 5 e em dezembro nos dias 2 e 3, sempre às quintas e sextas-feiras.
 
O secretário Municipal de Desenvolvimento, Pedro Meijer, destaca que a principal mudança é o envolvimento da APRUCAR que repassa as verduras frescas, higienizadas e embaladas e ainda pães fresquinhos e geleias de frutas locais. “Com a inclusão dos produtos locais, os benefícios do programa foram estendidos, além da população que participa trazendo o reciclável e trocando por alimentos, e a COPAM que vê sua produção de recicláveis aumentar consideravelmente”, acrescenta o secretário. Pedro Meijer, comenta que o programa gradativamente apresentará mudanças significativas como ampliação de mercadorias oferecidas com a inclusão de produtos de origem animal como mel, leite, ovos, bebidas lácteas e queijos. 

O secretário Municipal do Meio Ambiente, Valdemar Bartmeyer, que coordena o programa, conta que em breve o “Feira Verde” sofrerá modificações na troca.  Explica que atualmente o programa permite que as pessoas possam trocar até 40 quilos de recicláveis por 10 quilos de alimentos, proporção 4/1, sendo um problema. “Os 10 quilos de alimentos têm prazo de validade curto e o programa tem previsão para ser feito apenas uma vez por mês, o alimento do Feira Verde estará na mesa do cidadão apenas alguns dias do mês. A ideia é trocar o reciclável por vales que podem ser trocados aos poucos em pontos específicos garantindo alimentos frescos durante vários dias do mês”, declara Bartmeyer.

Ele acrescenta que a coordenação do Programa “Feira Verde” envolve diretamente a secretaria de Meio Ambiente, porém conta com parcerias de outras secretarias que estão trabalhando para promover as mudanças e com isso melhorar ainda mais esse benefício a população e a todos os envolvidos.  

O secretário Municipal de Meio Ambiente, informa que o “Feira Verde” em breve aceitará materiais como pneus, móveis, eletrodomésticos e colchões, porém o peso e local de troca obedecerão a regras específicas.

Serviço: Secretaria Municipal de Meio Ambiente/42-3231-9830.

Texto: Adalgiza Bachosky