O secretário de Estado da Saúde, Beto Preto, destacou a parceria do Governo do Estado com os municípios, principalmente no enfrentamento à Covid-19, em reunião nesta quarta-feira (27) com a Associação dos Municípios dos Campos Gerais (AMCG) em Arapoti.

“Este trabalho de parceria e união que foi construído pelo Governo municipalista fez com que enfrentássemos algo impensável dentro deste contexto de pandemia. Com a união dos municípios, conseguimos avançar na vacinação, diminuir a circulação do vírus e esperamos que estar mais próximos de vencer essa batalha contra o coronavírus”, afirmou.

Segundo ele, a colaboração das equipes municipais possibilitou a descentralização dos serviços e o reforço na regionalização da Saúde. “Queremos a Saúde perto das pessoas e este trabalho é feito por várias mãos. O Paraná tinha 1,2 mil leitos e na pandemia conseguimos abrir mais 3 mil, nas quatro macrorregiões, só para o atendimento à Covid-19. Isso é regionalização, levar o serviço de saúde até mais próximo da casa dos paranaenses”, afirmou.

Beto Preto ainda visitou as instalações do Hospital Municipal 18 de Dezembro, que será reativado “Este hospital levou 12 anos para conseguir a licença e agora temos o plano de iniciar o atendimento e integrar os serviços do Estado na realização de procedimentos cirúrgicos eletivos para atendimento à fila que ficou represada durante a pandemia”, esclareceu o prefeito de Arapoti, Irani Barros.

CARROS – De acordo com Beto Preto, 91 veículos para reforço da Estratégia da Saúde da Família (ESF) serão entregues para os municípios da região no próximo mês. Os carros fazem parte da maior compra do Governo do Estado para renovação da frota da Saúde, com 1.211 automóveis que estão sendo distribuídos para as 399 cidades do Paraná.

“Estes veículos representam a presença do Estado e do município dentro da casa do cidadão paranaense. A estimativa é que cada carro faça pelo menos cinco visitas por dia e que, com isso, em um ano, quase 1,5 milhão de atendimentos domiciliares sejam realizados em todo o Paraná”, disse Beto Preto.

AMCG – A Associação dos Municípios dos Campos Gerais é uma entidade municipal e microrregional composta por 19 municípios dos Campos Gerais: Arapoti, Carambeí, Castro, Curiúva, Imbaú, Ipiranga, Ivaí, Jaguariaíva, Ortigueira, Palmeira, Piraí do Sul, Porto Amazonas, Ponta Grossa, Reserva, São João do Triunfo, Sengés, Telêmaco Borba, Tibagi e Ventania.

A AMCG é composta por uma assembleia-geral formada por prefeitos de municípios e as ramificações criadas a partir da entidade, como os consórcios de saúde e o Samu dos Campos Gerais.

PRESENÇAS – Participaram da reunião o presidente da AMCG e prefeito de Castro, Moacyr Elias Fadel Junior; a prefeita de Carambeí, Elisangela Pedroso; o prefeito de Piraí do Sul, Henrique Carneiro; a prefeita de Ponta Grossa, Elizabeth Silveira Schmidt; o prefeito de Telêmaco Borba, Márcio Matos; o diretor da 3ª Regional de Saúde de Ponta Grossa, Robson Xavier da Silva; o deputado estadual Alexandre Curi; e demais autoridades municipais.