O ex-ministro e ex-presidenciável do PDT, Ciro Gomes, deve seguir a orientação do partido e apoiar a candidatura do ex-presidente Lula (PT) no 2° turno do pleito presidencial. A decisão foi tomada em menos de 48 horas do pedetista pedir “um tempo” para conversar com seus correligionários. É bom ressaltar que a informação foi confirmada via assessoria ao jornal O Globo. No 1° turno, Ciro ficou na quarta colocação com apenas 3,04%, ou seja, com o voto de 3.599.285 eleitores. Para título de informação, esse faria com que Lula vencesse no primeiro turno. Após saber do resultado, o pedetista disse que está “profundamente preocupado com o que estou assistindo acontecer no Brasil”. “Quero dizer a vocês que estou profundamente preocupado com o que estou assistindo acontecer no Brasil. Como vocês sabem eu vou inteirar 65 anos de vida e eu nunca vi uma situação tão complexa, tão desafiadora, tão potencialmente ameaçadora sobre nossa sorte como nação”. Por: O cafezinho