O Governo do Estado, por meio do Instituto Paranaense de Desenvolvimento Educacional (Fundepar) e da Secretaria estadual da Educação, começou a entregar 112,7 mil conjuntos de carteiras e cadeiras para colégios da rede estadual. Destas, 32,7 mil carteiras são um modelo inédito, em formato de trapézio, o que permite que o professor as organize em diferentes formas, como círculos. Assim, os estudantes podem interagir mais durante as aulas, assumindo um papel mais ativo no processo de ensino-aprendizagem. O investimento nas carteiras do novo modelo foi de R$ 10 milhões. Elas serão entregues até o fim do primeiro semestre em 392 escolas de 132 municípios. Já o investimento na compra das 80 mil carteiras convencionais foi de R$ 26,6 milhões. Elas chegarão a cerca de 600 colégios, em mais de 100 municípios, até o mês de abril. “O novo modelo de mobiliário vai garantir mais interatividade, mais troca de conhecimento e colaboração entre os estudantes, resultando em mais aprendizagem”, afirma o secretário da Educação Roni Miranda. “Os professores terão autonomia para mudar o layout da sala de aula como preferirem. Isso é modernização e inovação nas escolas”.