O presidente da Conseg, Máximo Sperandio alerta a população sobre a importância do registro de boletim de ocorrência (BO).

 “Hoje em Carambeí, está ocorrendo várias coisas, roubo, furtos, perturbações de sossego (som alto, pessoas fora de horário, moradores de rua, cachorro, etc). Como presidente da Conseg não temos estatística de crime e nenhuma denúncia feita, “A não ser em grupo" por isso devemos fazer o boletim de ocorrência” destacou Máximo. 

 Todo boletim de ocorrência é analisado por delegados da PCPR. Juntamente com investigadores, escrivães e papiloscopistas, eles fazem as diligências necessárias. É a partir do BO que os policiais civis iniciam as investigações. A PCPR reforça a importância de registrar e fornecer, o mais breve possível, o maior número de informações e dados relativos ao fato ou ocorrência policial, garantindo início imediato às investigações. 


 Os boletins de ocorrência podem ser registrados na delegacia da PCPR mais próxima do cidadão. Além disso, para alguns tipos de crimes e desaparecimentos de pessoas, é possível fazer o BO online, no site da PCPR.

 Pela internet é possível registrar BO de furto, estelionato, extravio ou perda de documento, extravio, perda ou furto de placa de veículo, pessoa desaparecida e violência doméstica e familiar contra a mulher.